Olá, vamos falar de robôs e trades automatizados?



  • Os robôs multiestratégia chegaram pra ficar e não por acaso, atraíram muito o interesse no mercado financeiro, até por quem nunca sequer realizou um trade de forma manual.

    Muitos imaginaram um cenário dos sonhos, com o robô fazendo fortuna automaticamente... Opa, opa, peraí... eu já vi isso aí antes. Sim é isso mesmo. Quem aqui já não se pegou imaginando esse fantástico sucesso de operar com robôs, afinal se eles vieram tomar decisão em meu lugar, não poderia ser diferente, certo?

    Errado.

    Mas como assim? Vamos lá então, os robôs nada mais são do que programas escritos por nós seres humanos e como nós, eles também possuem suas limitações.

    Você pode pensar: "Mas então vou continuar operando manualmente..." e descartar a possibilidade de um futuro com robôs. Há uma perspectiva diferente que não podemos negar, que é a capacidade limitada que nós como operadores humanos, com sentimentos e emoções pulsantes, observando cada movimento do mercado, temos de olhar para um número limitado de ativos, tempos gráficos e múltiplas telas.

    Muitos se tornam eficientes e são bons no que fazem, mas é uma demanda estressante e cansativa que consome muita energia do trader e não são raras as vezes que o emocional acaba falando mais alto e trocamos os pés pelas mãos, ocasionando decisões erradas.

    Precisamos pensar nos robôs como ferramentas capazes de realizar uma série de tarefas que do contrário estaríamos sendo responsáveis. E é neste momento que os robôs são muito melhores do que nós, realizando análises objetivas, sem excitação e executando comandos de forma muito mais rápida.


    Então como extrair o máximo do robô, aumentando suas chances de sucesso?


    Pense que você é o(a) técnico(a) de um time, que precisa fazer seus jogadores atuarem de forma coordenada, seguindo uma estratégia, para conquistarem resultados positivos e tornando-se vencedores.

    Nesse contexto é necessário planejamento, treinamento, ajustes, testes, muuuuuitos testes para avaliarmos o desempenho do nosso time. Nosso plano é disputar o campeonato e vencer, mas esta é uma competição longa e desafiadora, precisando substituir alguns jogadores ao longo dela, podendo ficar mais desgastados do que outros.

    Essa analogia é muito interessante, mas saiba que para gerenciar nosso time de robôs, precisamos mudar nossa visão de jogadores para treinadores. O técnico não entra em campo pra fazer o gol e assim deve ser nos trades automatizados, os robôs foram preparados para operar e não devemos interferir.


    Como devo fazer o "treinamento" dos meus robôs?


    Tudo começa com um bom planejamento. Os robôs multiestratégia possuem muitos parâmetros, por isso é recomendável dividí-los em etapas, pois assim fatiamos o problema em pequenas partes, permitindo uma análise passo a passo. Isso diminui a carga de processamento de dados durante a otimização, pois quanto mais parâmetros maior será o tempo de processamento. Desta forma reduzimos também o tempo de retorno dos resultados, acelerando nossa verificação e a conclusão de que estes resultados foram satisfatórios ou se precisam ser ajustados.

    O produto final deste planejamento é um plano de ação, dedicado a cada robô que iremos preparar. Devemos inclusive considerar em nosso planejamento se temos o equipamento adequado para realizar nosso plano e avaliar a possibilidade de se utilizar servidores em nuvem como uma solução interessante.

    Com o plano definido, partiremos para a execução, quando iniciamos o primeiro passo de otimização e a primeira leva de parâmetros será verificada.

    Cada um dos passos está envolvido num ciclo, cuja metodologia, criada para melhoria da qualidade nas empresas, foi denominada de PDCA (Plan - Do - Check - Act) ou mesmo planeje, execute, verifique e aja.

    A preparação do robô poderá envolver um ou mais ciclos de otimização, divididos em vários parâmetros e etapas.

    Quando pensamos em uma etapa com apenas alguns parâmetros selecionados, até se torna uma tarefa simples, agora quando consideramos todo o ciclo de análise e revisão de parâmetros, essenciais em cada uma delas, torna-se uma tarefa repetitiva e sujeita a erros, que podem alterar os resultados de forma inesperada.

    Portanto, cuidar da execução de cada passo é muito importante e para isso procurei desenvolver uma ferramenta de apoio para todo o processo de otimização. Espero contribuir de forma positiva, economizando tempo, diminuindo possíveis erros, tornando prático e dinâmico nosso trabalho. Conheça mais e participe em https://www.facebook.com/groups/Meta.Clique/.


Entre para responder
 

Parece que sua conexão com Fórum Portal do Trader caiu, por favor aguarde enquanto tentamos reconectar.