CDB - Tudo o que você precisa saber para investir!



  • Conhecimento sobre CDB

    O Certificado de Depósitos Bancários (CDB), é uma aplicação financeira onde o investidor cede determinado montante ao banco por um prazo previamente acordado e a instituição bancária devolve esse montante acrescido de uma taxa de juros.

    Os CDBs podem ser os seguintes com as respectivas características:


    Prefixado

    - Definição prévia da rentabilidade;

    - O investidor sabe o quanto de juros será incidido mesmo antes da aplicação;

    - Você pode calcular exatamente qual será o montante final do seu capital investido no vencimento do CDB.


    Pós-fixado

    - O investidor saberá o quanto renderá o capital investido somente ao final do prazo do título;

    - Possui como referência de remuneração algum indexador como, por exemplo, o Certificado de Depósito Interbancário (CDI), que geralmente é apurado diariamente e pode variar conforme a situação econômica do país;

    - Como o CDI acompanha a Selic, é muito importante estar atento a taxa básica da economia.


    Híbrido

    - Possui a rentabilidade tanto prefixada como pós fixada.

    - Geralmente, proporcionam a variação da taxa de inflação (IPCA) + juros prefixados;


    Os CDBs mais comuns são os de rentabilidade pós-fixada indexados ao CDI. Ou seja, investidor receberá um percentual da variação do CDI, cuja tendência é acompanhar a taxa básica de juros da economia (Taxa Selic), que hoje é de 14% ao ano. Por ter sua rentabilidade diária atrelada aos juros, não há risco de perdas nesse tipo de aplicação e ele pode ser utilizado como reserva de caixa para atender necessidades ou oportunidades de curto prazo.

    Portanto, os CDBs são muito recomendados para os investidores mais conservadores, e ainda contam com a cobertura Fundo Garantidor de Crédito (FGC) em até R$ 250 mil por CPF e instituição financeira.

    Os CDBs são tributados sobre os ganhos no fim do investimento de acordo com o seu prazo da aplicação, como você pode conferir na tabela a seguir:


    Prazo Imposto de Renda
    Até 180 dias 22,50%
    De 180 a 360 dias 20%
    de 361 dias a 720 dias 17,50%
    Acima de 720 dias 15%


    Quando o prazo de um CDB é fixo e não há liquidez diária, a taxa de retorno oferecida pelo banco tende a ser maior. E quanto maior o prazo, maior tenderá ser a rentabilidade, levando o investidor a ter bons rendimentos. Logo, este tipo investimento pode ser muito vantajoso a longo prazo.

    Com o FGC dando cobertura aos CDBs em uma eventual quebra do banco, vale a pena pesquisar opções através de uma corretora independente, pois você consegue ter acesso a produtos de diversos bancos de médio e pequeno porte (que oferecem taxas mais atrativas).

    Gostou do artigo? Então deixe seu like, ele é a melhor forma da gente saber que tipo de conteúdo continuar produzindo.

    Renda fixa ou Renda Váriavel?


Entre para responder
 


O Portal do Trader não se responsabiliza pelas informações e opiniões veiculadas neste fórum, sendo elas de autoria individual de cada participante. Vale ainda ressaltar que investimentos em mercado de renda variável possuem riscos, ganhos passados não garantem ganhos futuros, e a decisão final e responsabilidade sobre cada operação é de cada investidor, devendo ser tomada individualmente.
© 2018 Portal do Trader. Todos os direitos reservados.

Parece que sua conexão com Fórum Portal do Trader caiu, por favor aguarde enquanto tentamos reconectar.