CDB - Tudo o que você precisa saber para investir!



  • Conhecimento sobre CDB

    O Certificado de Depósitos Bancários (CDB), é uma aplicação financeira onde o investidor cede determinado montante ao banco por um prazo previamente acordado e a instituição bancária devolve esse montante acrescido de uma taxa de juros.

    Os CDBs podem ser os seguintes com as respectivas características:


    Prefixado

    - Definição prévia da rentabilidade;

    - O investidor sabe o quanto de juros será incidido mesmo antes da aplicação;

    - Você pode calcular exatamente qual será o montante final do seu capital investido no vencimento do CDB.


    Pós-fixado

    - O investidor saberá o quanto renderá o capital investido somente ao final do prazo do título;

    - Possui como referência de remuneração algum indexador como, por exemplo, o Certificado de Depósito Interbancário (CDI), que geralmente é apurado diariamente e pode variar conforme a situação econômica do país;

    - Como o CDI acompanha a Selic, é muito importante estar atento a taxa básica da economia.


    Híbrido

    - Possui a rentabilidade tanto prefixada como pós fixada.

    - Geralmente, proporcionam a variação da taxa de inflação (IPCA) + juros prefixados;


    Os CDBs mais comuns são os de rentabilidade pós-fixada indexados ao CDI. Ou seja, investidor receberá um percentual da variação do CDI, cuja tendência é acompanhar a taxa básica de juros da economia (Taxa Selic), que hoje é de 14% ao ano. Por ter sua rentabilidade diária atrelada aos juros, não há risco de perdas nesse tipo de aplicação e ele pode ser utilizado como reserva de caixa para atender necessidades ou oportunidades de curto prazo.

    Portanto, os CDBs são muito recomendados para os investidores mais conservadores, e ainda contam com a cobertura Fundo Garantidor de Crédito (FGC) em até R$ 250 mil por CPF e instituição financeira.

    Os CDBs são tributados sobre os ganhos no fim do investimento de acordo com o seu prazo da aplicação, como você pode conferir na tabela a seguir:


    Prazo Imposto de Renda
    Até 180 dias 22,50%
    De 180 a 360 dias 20%
    de 361 dias a 720 dias 17,50%
    Acima de 720 dias 15%


    Quando o prazo de um CDB é fixo e não há liquidez diária, a taxa de retorno oferecida pelo banco tende a ser maior. E quanto maior o prazo, maior tenderá ser a rentabilidade, levando o investidor a ter bons rendimentos. Logo, este tipo investimento pode ser muito vantajoso a longo prazo.

    Com o FGC dando cobertura aos CDBs em uma eventual quebra do banco, vale a pena pesquisar opções através de uma corretora independente, pois você consegue ter acesso a produtos de diversos bancos de médio e pequeno porte (que oferecem taxas mais atrativas).

    Gostou do artigo? Então deixe seu like, ele é a melhor forma da gente saber que tipo de conteúdo continuar produzindo.

    Renda fixa ou Renda Váriavel?


Entre para responder
 

Parece que sua conexão com Fórum Portal do Trader caiu, por favor aguarde enquanto tentamos reconectar.