Entendendo os Títulos do Tesouro Direto


  • admin

    Tem que abrir o olho para o rendimento do seu dinheiro! Tesouro Direto nele!

    Com uma grande parcela da população abrindo os olhos e saindo da poupança, por conta dos péssimos rendimentos nos últimos anos, os títulos do tesouro têm ficado cada vez mais populares. Apesar da poupança ser isenta de imposto de renda, sua rentabilidade líquida tem ficado muito aquém da obtida nesses títulos.

    Os títulos do tesouro são considerados ativos de renda fixa, ou seja, seu rendimento pode ser dimensionado no momento do investimento, ao contrário dos ativos de renda variável, como, por exemplo, ações. Ao comprar um título público, você está emprestando dinheiro ao governo brasileiro em troca de receber no futuro uma remuneração por este empréstimo. O risco existente na operação é considerado o menor na economia brasileira, já que a única possibilidade de o investidor não receber o valor de volta é se houver um default (calote) por parte do governo brasileiro. Uma hipótese extremamente remota.

    Todos os títulos do tesouro têm liquidez diária, o que significa que o investidor pode entrar e sair do título quando quiser. As compras podem ser realizadas de 9h da manhã às 5h da manhã do dia seguinte, e as operações de resgate das 18h às 5h.

    Atualmente, os títulos do tesouro direto podem ser divididos em cinco tipos: Tesouro Prefixado (LTN), Tesouro Prefixado com Juros Semestrais (NTN-F), Tesouro IPCA+ (NTN-B Principal), Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais (NTN-B) e Tesouro Selic (LFT). Podemos ver que existem opções com Juros semestrais, tanto para o Prefixado quando para o IPCA+. A única diferença nesses casos é o pagamento de juros a cada seis meses ao invés de pagamento no final do período investido.

    Nos títulos prefixados, você sabe exatamente a rentabilidade que irá receber se mantiver o título até a data de vencimento. Esses títulos são os mais indicados quando o investidor acredita que a taxa prefixada será maior que a taxa Selic, no momento do vencimento do título.

    Os títulos atrelados ao IPCA proporcionam a rentabilidade real para o investidor, já que eles discriminam o valor prefixado que será adicionado ao valor do IPCA. Dessa forma, não importa qual seja a inflação, o capital investido não vai perder valor. Além disso, é o título que tem vencimentos mais longos, tornando-o ideal para aposentadoria e outros objetivos de longo prazo.

    O tesouro Selic é o título pós-fixado e tem a menor volatilidade dentre todos, já que é atrelado à taxa de juros básica da economia (taxa Selic). Para o investidor que acredita em elevação da taxa Selic, este título é o ideal.

    O investidor precisa saber que para os títulos prefixados e atrelados ao IPCA, o valor pago pelo Tesouro no resgate antecipado do título depende do valor de mercado, ou seja, pode haver vezes em que o valor de mercado no resgate é menor do que na entrada. Por exemplo, no dia 31 de dezembro de 2015, uma compra do tesouro IPCA+ 2035 geraria ao investidor 7,42% + IPCA, caso ele ficasse até o vencimento. Porém, a rentabilidade do título até o dia 5 de outubro foi de 50,06%. No entanto, caso o investidor tivesse comprado o tesouro IPCA +2035 no dia primeiro de janeiro de 2013 e saído no último dia de 2015, ele teria tido uma perda aproximada de 23,2%. Isso mostra que o preço varia de acordo com o mercado e somente se o investimento for levado até o vencimento é que aquela remuneração contratada acontecerá de fato.

    Os títulos têm imposto de renda (IR) decrescente sobre os ganhos ao longo do tempo, ou seja, o IR é de 22,5% se o investidor ficar até 180 dias, 20% se ficar entre 181 e 360 dias, 17,5% de 361 dias até 720 dias e 15% caso fique 721 dias ou mais. Ainda tem o IOF, que também é aplicado caso haja resgate até 30 dias depois do investimento.

    Se você gostou do artigo, não esqueça de deixar seu like, ele nos ajuda a saber que tipo de conteúdo devemos continuar produzindo.

    Traders Profissionais: Aprenda como ser um trader!


Entre para responder
 

Parece que sua conexão com Fórum Portal do Trader caiu, por favor aguarde enquanto tentamos reconectar.