Estudo de trava de alta com put em PETR4 e borboleta com call em VALE5



  • Boa tarde, portal do Trader, comecei agora a operar opções com travas, e gostaria de compartilhar minha experiencia com vocês, para trocarmos ideias.


    No dia 05/09/2016, eu tinha destinado para aplicar em opções R$ 600,00, por ser um valor baixo e separei em duas operações, para a corretagem na zerar meus ganhos. Então abri os gráficos de PETR4 e VALE5, pois são as opções com maior liquidez no mercado brasileiro. Na petro e percebi um viés de alta nos papeis e não vi nenhuma resistência até o R$ 14,00 então montei uma trava de alta com put (U55 X U14) eu montei com as seguintes cotações PETR4 13,80, PETRU55 a 024 e PETRU14 a 0,56, recebi para montar a operação R$ 160,00 e tenho como perda máxima R$ 215,00 (500 opções de cada). o ponto de equilíbrio a 13,68, ou seja se o papel ficasse no mesmo preço eu já estava no ganho e somente a baixo de 13,68 (0,87%) de queda iria para perda. Ontem quando olhei o papel ele estava sendo negociado a de 14,00 a 14,29, se desmontasse a operação estaria com lucro de R$ 75,00, mas fiquei na duvida e deixa a operação ir, hoje a Petro abriu com gap e esta sendo negociada agora em 13,63 e para desmontar sairia com R$ 20,00 de prejuízo. Bom em resumo eu dentro do meu setup acredito que o papel esteja corrigindo e deva ir para cima dos R$ 14,00 antes do vencimento 19/09/2016.

    Com isso me sobrou de "margem" R$ 385,00 e resolvi montar uma borboleta com call (pois as puts estavam sem liquidez para o strike que eu enxerguei) em VALE5, quando o papel era negociado a R$ 15,29, e fiz o seguinte 1x I75 (0,64) ; 2x I46 (0,22) ; 1x i17 (0,08), montei com 1.000,00 opções compradas e 1.000,00 opções vendidas, paguei R$ 140,00 na operação, podendo ter um lucro máximo de R$ 360,00 se o ativo fechar em 16,13. Ontem o ativo estava caminhado para o strike (mas para desmontar ia sair no 0x0), porem hoje deu uma queda e para desmontar a operação agora sairia com 75,00 de prejuízo. Entrei na operação pois pelo gráfica apresentava uma consolidação nos preços estreitando as BB, desta operação já não tenho tanta segurança, mas como pelas minha analise o papel esta sem direção, vou aguardar o mercado até o vencimento.

    Bom so queria compartilhar minhas primeiras experiencias com vocês. E queria deixar uma dica para quem esta pensando em entrar nessa área, e vejo muitos pedindo ao Petrokas a planilha de payoff dele que ele so passa para aluno e isso é muito justo, pois tenho certeza que demanda um bom tempo para ele ensinar a mexer corretamente nela, acredito que não é a planilha dele que vai fazer a diferença, mas sim o coaching dele que por sinal, assim que eu terminar o TNT pretendo fazer para ter mais esta arma poderosa, para ganhar dinheiro no mercado fazendo um melhor gerenciamento de risco, pois aqui é teu risco voce ja sabe e não existe "gaps" para pular teu stop. Eu acredito que planilha é muito pessoal, eu mesmo montei a minha que é muito parecida com a dele, pois basei o layout dela na do Petrokas, mas acredito que no sentido operacional deve ser bem diferente, pelo que eu vi a planilha dele é feita em VBA (coisa que eu não manjo muito), eu fiz a minha somente com a formula "se" (ou "if" em ingles), não precisa ser matemático, não precisa ser Expert em Excel para fazer isso. Eu acho muito valido as pessoas tentarem faze esta planilha, pois vai ser obrigado a entender a logica das operações, pois acredito que muito façam estas operações sem entender o que elas realmente significam, ao menos para mim ajudou muito a entender melhor esse mundo.

    No mais estou postando aqui para compartilhar experiencias e estou completamente aberto a sugestões, criticas e opiniões a intenção é sempre evoluir.


    Forte abraços para todos,

    Lucas Mendes



  • caro @LucasMen

    em primeiro lugar, parabéns por seus estudos e por compartilhar suas experiências. Considero esse caminho correto para o bom aprendizado das coisas.

    mas vamos aos estudos:

    Trava de Alta com PUTs em PETR4 - você montou uma trava de alta bem ATM. Veja que o preço da ação estava dentro do range dos strikes envolvidos na operação. Quando isso acontece, fatalmente você fica vendido em pouco VE e depende de um movimento (para cima, no caso) no preço da ação, para que a operação entre na região de ganho (acima de R$14,00). Veja que sua posição vendida ainda tem um pouco de VI, pois está ITM. Lembre-se que o raciocínio das PUTs é inverso ao das CALLs. Strike ACIMA do preço da ação = PUT ITM. E toda opção ITM tem um Valor Intrínseco, ou valor Dentro do Dinheiro. No momento da montagem, esse valor era de R$0,20 que é o resultado do strike da opção PETRU14 (R$14,00) menos a cotação da ação (R$13,80). Como seu preço de venda dessa PUT foi de R$0,56 o VE vendido ficou em R$0,36 e você ainda comprou mais R$0,24 de VE ao adquirir PETRU55 (uma PUT OTM de strike R$13,25).

    Conclusão: seu ganho será pequeno. Se no dia do vencimento a ação estiver abaixo de R$14,00 você será exercido e terá que comprar PETR4 por R$14,00 e venderá a mercado. Estando o preço da ação acima de R$13,68 (Break Even) você sai com pequeno lucro, mas terá despesas bem maiores ao ser exercido e ter que vender as ações a mercado. Na sua trava, você tem muito pouco a ganhar, pois seu VE vendido ficou redizido a R$0,12. Veja que esse VE significa 0,87% do preço da ação e, por isso, com pouca eficiência. Procure montar operações onde o VE vendido seja de, pelo menos, 2,5% do preço da ação, até para compensar o risco. Sua trava está com pouquíssimo lastro e, por conta disso, com risco muito elevado. A queda nos preços da ação fazem sua trava ficar totalmente ITM o que piora MUITO sua condição. Para que tenham uma eficácia mais interessante e você realmente aumente suas chances de sucesso na operação, as travas devem ser sempre OTM, sejam elas de Alta com PUT ou de Baixa com CALL, de modo que você além de estar totalmente vendido em VE, esteja em condições favoráveis diante do mercado. Uma trava de alta com PUT mais OTM certamente diminui seus ganhos, mas aumentam dramaticamente suas chances de sucesso na operação, uma vez que você ganha na alta forte, ganha na alta, ganha se andar de lado e ainda aguenta uma pequena queda. Na trava que você montou, para sair totalmente vencedor, você depende de uma alta do papel, o que não aconteceu hoje. Pra finalizar, o desmanche da operação fica a seu critério. Antes de montar a operação você deve verificar o prejuízo máximo, incluindo os custos com corretagens e emolumentos. Se esse prejuízo estiver dentro da sua gestão de risco, deixe o trade andar. Mas tenha consciência de que, devido ao prazo muito curto para o vencimento, você depende de uma alta explosiva para que volte a entrar na região de ganho (acima de R$14,00).


    Sobre a borboleta - borboletas são venda de volatilidade e, nesses últimos meses, PETR4 tem estado com uma volatilidade bastante elevada. São operações extremamente difíceis de acertar e dependem que o papel esteja muito próximo ao strike da opção vendida. Pra piorar, você está comprado em VE, logo tem o tempo contra você. A cada dia que passa, você vai perdendo mais um pouquinho. Borboletas são estruturas caras, pois são 3 operações para montar e 3 para desmontar. Paga-se um horror em corretagem e isso tem um impacto forte se a estrutura for com poucos lotes. Minha sugestão é que você conheça um CONDOR (que é uma borboleta mais alargada) onde você fica vendido em VE nas duas pontas, montando uma trava de baixa com CALL e uma trava de alta com PUT, ambas OTM. É chamada de Short Iron Condor - operação ensinada pelo mestre @Petrokas em um dos "Momento Opções". Nessa operação, você tem o tempo a seu favor, além de dar um "range" de preços para o mercado se mexer, sem sair da região de ganho. Como você está vendido em VE, não é preciso fazer mais nada para ter sucesso na operação. A borboleta com CALL depende do desmanche da trava ou do exercício de 3 posições.

    Resumindo: é de fundamental importância que você (sim) monte sua própria planilha para calcular todos os custos envolvidos, a fim de evitar surpresas pouco agradáveis.

    Grande abraço e ótimo fim de semana


  • TNT

    Grande @MuriloBarquette,

    Excelente explicação dada ao nosso amigo Lucas. Como sempre, você foi muito assertivo e detalhista na explicação...

    Apenas consideração: eu entendo que Condor e Shor Iron Condor são operações diferentes. Tradicionalmente na literatura vamos encontrar as duas operações, sendo:

    - Condor (ou mesa) que é similar à borboleta, porém, com dois alvos centrais, é uma operação com 4 calls: compra - vende - vende - compra (os stirkes vão aumentado da esqueda para direita)

    - Shor Iron Condor é a combinação de trava de alta com put e trava de baixa com call, vendendo opções cheias de VE nas duas pontas.


    Um abraço,

    Petrokas





  • mestre @Petrokas

    Muito obrigado por sua sempre presente observação. É assim que aprendo!!!!

    Valeu MUITO!

    Abraço



  • Boa tarde,


    Obrigado @murilobarquette e @Petrokas.

    De fato na trava de alta que eu fiz, eu sabia que o meu risco retorno era menor que 1, e agora com seus apontamentos, confesso que eu me enrolei com a relação PUT/CALL x ITM/OTM, so para ver se agora estou pensando certo, deveria ter tentando pegar put com strikes mais baixos ou seja sem VI e mais VE, correto, mas a ponta vendedora teria que ter mais VE que a ponta compradora. (vou até adicionar um campo na planilha para ver o % de VE em relação ao preço do ativo). Só não entendi o que você quis dizer com lastro na operação. quanto a finalização da operação vou deixar correr até sexta para desmontar antes do exercício na segunda feira (para não ter em maiores custos de corretagem). Quanto ao valor perdido, esta dentro dos meu gerenciamento.

    Na borboleta foi com VALE5, mas entendo que também esta com alta volatilidade, eu tentei simular um condor, mais por conta de ter uma corretagem a mais para montar e desmontar, pelo montante investido praticamente não teria lucro, por isso que acabei fazendo a borboleta, e entendo que seja difícil de acertar na "mosca", mas achei que daria para ficar próximo. Aqui na verdade estou pensando em ficar somente na primeira ponta comprado a seco, e caso a ação por um milagre exploda não limito ganhos, ja que são CALLs.

    Petrokas obriago pela observação, ja assisti algumas vezes que voce fez Iron Condor.

    Muito obrigado pelos ensinamentos.





  • Boa noite,


    Somente para atualizar para todos.

    Finalizei a trava de alta com put em PETR4, com prejuízo de de R$ 105,00 mais custos operacionais de R$ 34,08, no dia 15/09/2016, vendendo a PETRU55 a 0,23, sendo que foi comprada a 0,24, e comprando a PETRU14 a 0,76, sendo que eu vendi a 0,56. Encerrei antes, pois se fosse exercidos nas PUTs haveriam custos bem maiores. A Borboleta em VALE5 deixei vira pó para evitar maior custos também.

    Assim que montar alguma outra trava, compartilho com voces.


    Forte abraços a todos.


  • TNT

    Obrigado pelo retorno de como foi a operação, @LucasMen! Importante manter a disciplina e um bom gerenciamento de risco.


    Abs,

    Petrokas


    @LucasMen disse:

    put em PETR4, com prejuízo de de R$ 105,00 mais custos operacionais de


  • Me esqueci de falar o resultado financeiro da borboleta de vale, foi de - R$ 140,00, mais R$ 17,22 de custos operacionais.

    Att,


Entre para responder
 

Parece que sua conexão com Fórum Portal do Trader caiu, por favor aguarde enquanto tentamos reconectar.