Forex



  • Fundo duplo bacana no Aussie Index, projetando ótimos 17 pontos (index dois dígitos). Para a onda menor temos o alvo máximo no alvo 1 do fundo duplo 71.2. Para o alvo 2 temos a resistência do preço confluente com os 100% de todo o cálculo do fundo duplo quase nos 72 pontos. 

    Nota-se que o preço já perdeu a LTB e se encontra em alta pelo curto prazo. No semanal segue em tendência de baixa, sendo o preço dos objetivos a correção no topo da LTB semanal. 

    • Nuvem me da um leve sinal de alta (não muito confiável ainda). 
    • CCI se mostra ganhando energia compradora. 
    • Índice Dolar vem caindo com forte venda. 
    • Dados de emprego prometendo não variarem. 
    • ATR 0,4 pontos - 14 períodos 

    Estudo pessoal e não recomendação de investimento. Negocie pelo seu próprio risco



  • Formação interessante, bem melhor vista no 240m. Padrão Ombros e Cabeça invertido anunciando fim da tendência de baixa. Estamos presenciando o rompimento da neckline de .91150, também o atual suporte do preço. 

    Ombro direito está muito pequeno, e projeta alvo 1 em 61% da exp . fib da cabeça 0.92700. Espera-se reteste no suporte ao testar esse nível, podendo ser oportunidade para reentrada aos mais arrojados ou entrada para os mais conservadores.O alvo final é os 100% da fib estendida, .93200 próximo a resistência e acima da retração fibonacci do último swing de baixa. Ocultei a nuvem mas ela demonstra muita força baixista e uma tendência muito sólida de baixa, cuidado com essa operação. CCI mostra energia compradora crescente. 

    O driver é o índice do Dólar Australiano que mostra um fundo duplo e muito otimismo comprador. O cad se mostra refém do dolar nesse momento, e parece estar fraco perante as outras moedas maiores. Ideia relatada acima:



  • Cenário

    A crise imobiliária de 2008 - subprime - onde por medidas de controle econômico as taxas de juros chegaram ao nível de 0,25% em dezembro de 2008, isso para combater a crescente inflação e fomentar o consumo interno, o que levaria a recuperação econômica e geração de emprego. A taxa vinha de 2006 à 5,25%, extremamente elevada e por isso teve um impacto positivo na recuperação da economia Americana durante a crise.

    Apenas para ilustrar, no básico de politica monetária dos teóricos clássicos, entendemos que:

    • Elevar a taxa de juros = diminuir consumo e investimentos locais = diminuir a inflação
    • Diminuir a taxa de juros = fomentar o consumo e investimentos locais = aumentar o PIB e empregos

    Hipótese

    O ciclo econômico dos EUA pós crise, após expansão (recuperação na verdade), agora é retração e pela teoria liberal clássica, e também podemos ver isso em gráficos longos como semanal. Tudo vem de encontro com a campanha de reeleição de Donald Trump, onde a principal promessa dele é "make America great again", para isso ele precisa aumentar empregos e fomentar o consumo, e a maneira mais eficiente e rápida é com a diminuição da Taxa da Juros, obrigando o dolar perder valor. Partindo desse pressuposto, podemos perceber que a taxação em cima das importações Chinesas, Israelenses e demais atingidos pela guerra comercial veem mais uma vez de encontro com o fomento do consumo interno e investimento dentro do país, o que gera PIB.

    Temos hoje um cenário divergente entre os mais fluentes analistas econômicos em relação a medida já anunciada pelo Powell, muitos veem motivos para o corte ta taxa justamente para aliviar um arrefecimentos global iminente, já outros acham que Jay P. parece estar obedecendo seu chefe para não ser demitido, e mostram motivos que ilustram a economia Americana forte e saudável. No fechamento semestral o FED anunciou em comitiva que esse semestre haverão dois cortes de taxa, e como sabemos que a prática do FED é 0,25% por vez, já temos uma dica para o corte desse mês, e sabemos que provavelmente fecharemos o ano com uma taxa de juros Americana em 2%, na tentativa de forçar a queda do Dólar spot.

    A sacada aqui é que teremos o primeiro corte nas taxas desde a crise financeira, o primeiro corte em uma década, o hype está muito grande em todas as research projetando e anunciando prováveis medidas protetivas. Semana passada e ainda hoje vi que muitos bancos se reuniram para tomar medidas emergenciais estratégica em relação a esse corte.

    Técnica

    Sem dúvida, o corte de taxas trará volatilidade no momento, e queda para o Dólar. No gráfico, temos um fechamento de doji com rejeição compradora.

    Resistência 98,22 pontos - pivot de alta mais importante, acima disso teremos uma falha na medida monetária, ou seja, uma taxa imutável ou até mesmo um aumento da taxa (seria muito ousado) - e muita tensão entre FED e Presidência (talvez uma tentativa forçada de demitir Powell) - levaria o rompimento imediato, o aumento do valor do dólar para níveis acima esse pivot e uma queda forte na bolsa.

    Suporte 1 97,5 pontos - primeiro suporte e provável candidato a fechamento. 54 pontos abaixo do fechamento de hoje - cenário esperado pelo mundo todo com corte de 0,25%.

    Suporte 2 96,70 pontos - segundo suporte bem visível no gráfico, e talvez menos provável com um corte de 0,25, mas candidato se o corte for de 0,5% (raro) - esse cenário é mais caótico, muitos reflexos colaterais podem acontecer aqui e um movimento de 1,39% negativo faria um rebuliço no mercado, espero que nenhum banco quebre se isso acontecer.

    Depois disso 95,95, acho muito difícil que o spot caia tanto em um dia. Uma boa noite a todos.

    Estudo pessoal e educacional e não recomendação de investimento. Negocie pelo seu próprio risco.



  • AUDUSD fez long legged doji no fundo após a grande queda proporcionada pelo movimento do dólar. No momento a resistência está definida nesse novo fundo. 

    Espera-se uma correção dos pares, e para o AUD como clara tendência de baixa, deve retair para níveis de resistência em .68700 ou na retração fibonacci .68850. Espero um padrão de reversão nesses topos para uma possível entrada vendida. 

    Importante checar e acompanhar o índice Dolar DXY para atualizar a ideia, uma vez que precisamos que o dólar perca força para que essa correção aconteça. 

    Estudo pessoal e educacional e não recomendação de investimento. Negocie pelo seu próprio risco.



  • Legged doji após um Marubozu massivo de compra, cuidado! A esperança é que o preço caia até o suporte e isso representam 200 pips justamente pela alta excessiva do par. 

    Um marubozu mostra a força de compra do par e neste caso aqui , vem após uma sequencia de 2 dias de alta forte, esse foi o candle que varou a antiga resistência de 1.63420 e seguiu alta . O sentimento altista continuaria mas o candle de hoje mostrou a indecisão do mercado, um long legged doji , ou um doji pernudão pros mais chegados. Traduzindo, o preço subiu um monte, sofreu pressão oposta e caiu um monte mas também foi rejeitado pelo mercado, fechando próximo a abertura e denunciando a perda de senso de direção do mercado para o par. 

    Após um ralli um candle que demonstra indecisão pra mim é trade. O alvo 1 está no último topo 1,64170, com 150 pips na mão, mas se o mercado se mostrar eufórico, e eu confio isso, aí sim vamos até o suporte aos 1.63420 222pips - três patinhos na lagoa. 

    Note que espero uma alta expressiva no dolar para isso acontecer, pois o efeito no euro é imediato, porém o efeito no australiano seria inferior o que favorece a operação.

    Estudo pessoal e não recomendação de investimento. Negocie pelo seu próprio risco.



  • Para virar a tendência e iniciar um ciclo de alta , o EURO precisa buscar muita força e ter muito interesse comprador para romper a LTB que está limitando o preço a 1.245. Essa é a zona de maior interesse vendedor no momento. 

    Para o intraday, tenho mais uma LTB sendo testada mas uma vez hoje que mais uma vez força o preço para baixo. Quanto tempo os ursos tem bala na agulha pra segurar o euro abaixo das linhas mencionadas? Difícil dizer mas o preço precisará de muita descrença no dólar para servir de objeto de fuga quando o dolar despencar - se de fato acontecer.

    A tendência continua clara de baixa pela nuvem e pelas linhas de tendência, o suporte é .11250 e a perda dele fornece novo oportunidade de testar .10700 ou até menos. O CCI demonstra energia compradora crescente de correção, chegando na linha de 100, denunciando saturação da correção. 

    O alvo máximo proporcionado até o momento pela extensão fibo é 1.09900, apertem os cintos.

    Estudo pessoal e não recomendação de investimento. Negocie pelo seu próprio risco.



  • Bom momento para operar venda no CAD. CXY em bom ponto de correção conforme imagem abaixo. Índice Dolar executando correção no diário, perdeu LTA do intra hoje. Operação concentrara. RxR 1:2 100% analise tecnica. 135 pips de alvo pra 66 de risco, vambora.

    Correção diária em 61% da fib. Tendencia de baixa, levemente acima da resistência testando LTB e nuvem. Operação arriscada.



  • Bom momento para o AUDCAD , em plena tendência de baixa firmou os últimos testes desde o inicio de Setembro. Tivemos um candle de rejeição chamado Gravepit, definindo a zona de oferta do par no dia 06/09.

    A correção está alinhada com a retração fibonacci de 38% e com a LTB de curto prazo. Bom ponto de entrada se o dolar voltar a valorizar impulsionando o CAD. Não podemos desprezar o potencial do par buscar as retrações superiores, por isso o stop tão largo. 0,91 é a retração mais longe que o preço pode buscar, na linha laranja.

    Pensando na venda, defini ATR 2x para stop e ATR 4x para alvo. Alvo bem abaixo do suporte esperando onda de impulso no par aos 0,88380. CCI mostrando enfraquecimento do momentum comprador e nuvem sinalizando consistência na tendência.

    Segue o trade.


    Estudo pessoal e não recomendação de investimento. Negocie pelo seu próprio risco.



  • AUDUSD em tendência de baixa no diário, levando com consideração uma semana agitadíssima para o dolarcom a Taxa de Juros, e Imprensa Coletiva do FOMC em 18 de setembro, acredito em uma oportunidade de venda.

    O par passou agosto inteiro paradinho na mesma range com sinais claros de baixa segundo o CCI , o rompimento da range levou a testar a nuvem confluente com os níveis de retração fibo de 50%, mostrou várias rejeições durante essa semana. Para atenuar a ideia, o preço de .68700 é uma importante resistência semanal justificando as rejeições dos dias 10, 11 e 12 de setembro.

    A projeção da expansão fibonacci leva abaixo do suporte semanal (fraco) em .66700 -mas isso seria outra operação-. A operação é curta decorrente a decrescente volatilidade, defini com stop de 35 pips pelo ATR e retorno de 80. 1:2.2.

    Estudo pessoal e não recomendação de investimento. Negocie pelo seu próprio risco.



  • Oportunidade para AUDNZD onde o AUD INDEX vem valorizando 1,26% a mais que o NZD perante o dólar, onde um dolar forte ou não é a chave da questão.

    Se o DXY seguir sua tendência de alta poderá manter o AXY valorizando na mesma proporção Month to Date versus o DXY versus o NXY. Por outro lado, se o dólar perder a força, olhando principalmente para os dados econômicos dessa semana, teremos ainda um Australiano forte versus o Neozelandês e a tendência deve continuar de qualquer maneira. Se ganhar ganha, se perder ganha.

    O insight da análise veio no semanal, onde o preço segue na range de 1,12 e 1,03 desde 2014. No diário é possível ver com detalhes o fundo duplo deixado e a possibilidade de testar novamente a resistência semanal (topo da range). Fechou sexta com forte candle comprador confirmando rompimento na ex-resistência de 1,06900. O alvo inicial deve ser a primeira resistência ou os 100% da extensão fib. em .09800 ou .10400. dependendo das nuances do mercado.

    Vale atenuar que a resistência semanal está confluente com 161% da ext. fib.

    Estudo pessoal e não recomendação de investimento. Negocie pelo seu próprio risco.



  • Tendência de baixa mas redenção apurada no Índice Dolar. O euro fechou ontem um piercing das minimas de 1.09300 e inicia o dia fazendo pullback. Vale lembrar que a política do ECB é desvalorizar o euro frente ao dólar e de aplicar quantitative easing a partir de 01/11.

    Euro deve corrigir dentro das fibos entre 1.09850 e 1.10300. Sendo o máximo da fibo a LTB, procura-se sinais de venda nesses pontos. O rompimento da LTB trás animo ao Euro e pode testar a LTB maior (semanal). A resistência nesse caso é 1.10750.

    Se ele rejeitar a LTB e as fibos e formar um esperado padrãozinho de vanda, suponho vai buscar 1.08500 no suporte semanal.


    Estudo pessoal e não recomendação de investimento. Negocie pelo seu próprio risco.


Entre para responder
 


O Portal do Trader não se responsabiliza pelas informações e opiniões veiculadas neste fórum, sendo elas de autoria individual de cada participante. Vale ainda ressaltar que investimentos em mercado de renda variável possuem riscos, ganhos passados não garantem ganhos futuros, e a decisão final e responsabilidade sobre cada operação é de cada investidor, devendo ser tomada individualmente.
© 2018 Portal do Trader. Todos os direitos reservados.

Parece que sua conexão com Fórum Portal do Trader caiu, por favor aguarde enquanto tentamos reconectar.