Dúvidas sobre TNT?


  • TNT

    Pessoal do Portal, bom dia. Eu estou revendo os cursos e os webnários do portal do trader, pra poder me embasar e me balisar melhor para a atividade de trader. Atividade na qual estou de olho desde 2012 quando trabalhava no Banco do Brasil. Além de outras fontes como o ScalperTrader do André Antunes, dentre outros. Com o objetivo de ser profissional e eficiente nesta atividade. Fiz os cursos, e comecei a rever os webnários. Assisti à aula aberta do Caio Sasaki de TNT. Fiquei animado e mais confiante pois percebi ali uma oportunidade de ferramentas para alcançar a eficiência e performance desejada. Assisti aos webnários do Rodrigo Cohen: Virando o jogo 1 e 2. Muito bons e animadores. Até aí tudo bem. Porém quando assisto ao vídeo dele no youtube: NÃO DESISTA. Eis que ouço a respeito de mesa proprietária: "quantas pessoas ganham dinheiro numa prop? Bota lá Oliver Velez, bota qualquer prop que existe...'a grande maioria perde dinheiro, a grande maioria'. A prop ganha dinheiro com o que? Vendendo curso, mas não ganha dinheiro com os traders. Por isso que ela existe, pra poder tentar aprender, pegar um ou outro, um ou outro. A maioria não ganha dinheiro...Por que?... É muito difícil...muito difícil"

    No entanto continuei, assisti a entrevista que o Caio fez com a Carol Paifer da ATOM, uma prop. O que vi ali foram elogios e parabenizações sobre a iniciativa e das vantagens de se trabalhar numa prop. Mesmo o Caio começou numa prop e já relatou o quão bom foi isto pra sua carreira. Até depois assisti ao vídeo ATOM&Rodrigo Cohen, em entrevista com a Carol Paifer. Enfim, até aqui todos animadores. Mas que contrasta com a declaração anterior. Confesso que isto me deixou bastante desencorajado. Foi bastante desalentador. Fiquei com uma questão então, o quão vale a pena fazer o curso TNT, e, depois conseguir ingresso na ATOM ou em outra prop como a AUCTUS, já que ninguém vai ganhar dinheiro? Seria como jogar dinheiro e tempo fora. Qual a vantagem que tenho de fazer um curso como este então? Qual a vantagem de me iniciar numa prop com uma dificuldade tão grande?

    Por favor se alguém aí do Portal puder ajudar, gostaria de mais esclarecimentos. Pois agora há um elefante atrás da orelha.

    Obrigado.

    Mauricio.

    (mauricio.brito68@hotmail.com)


  • admin

    Maurício, seu post tem várias dúvidas, então vamos por partes.


    O que é uma mesa proprietária e porque os traders dela NÂO perdem dinheiro

    Uma mesa proprietária, de forma resumida, é uma empresa que disponibiliza seu capital para traders operarem e em troca fica com parte dos ganhos destes traders. Agora, se você tivesse dinheiro para confiar na mão de traders desconhecidos, você ficaria tranquilo? Acredito que não (ninguém ficaria tranquilo). Por isso, as "props" possuem formas de selecionar e/ou formar traders (isso varia bastante de uma empresa para outra), pois para eles só interessam os traders vencedores. Acontece que no processo de seleção a maioria fracassa, por diversos motivos como: falta de perfil, falta de estratégia, falta de preparo, falta de conhecimento, má gestão de risco, e por aí vai. Portanto, os traders já selecionados pelas mesas NÃO perdem dinheiro (e se começar a perder, certamente o trader é excluído da mesa).


    Qual a vantagem de iniciar numa mesa proprietária?

    Em primeiro lugar, pense em você como um empreendedor. Alguém querendo abrir uma lanchonete, por exemplo. Você pode quebrar a cabeça e abrir a sua própria lanchonete, com logo, site e propagandas exclusivas, ou você pode aderir a uma grande franquia, como um McDonalds, e fazer uso de toda a infra dela (marca reconhecida, fornecedores padronizados, publicidade garantida, etc). Os dois modelos de negócio tem seus prós e contras, da mesma forma que ser um trader autônomo e um "prop trader" tem vantagens e desvantagens. Ser um "prop trader", geralmente dá vantagens de pagar menos corretagem (às vezes até menos emolumento), desconto em plataformas, larga margem de operação (geralmente atrelada ao desempenho - quem ganha mais, pode operar mais pesado) além de poder contar com treinamentos e networking (quando a empresa fornece), mas, por outro lado, o trader é obrigado a dividir seus lucros e em alguns casos sofre forte pressões por resultados. Seguir o caminho solo exige já ter algum patrimônio para operar no mercado, além de boa condição psicológica para não perder seu dinheiro, mas uma vez que o negócio deu certo, é o melhor dos mundos, pois não precisa dividir seus ganho com ninguém (só com o Governo, que vai comer parte dos seus lucros com impostos).


    A mesa proprietária é um bom caminho para iniciantes?

    Para quem está iniciando e não tem nenhum dinheiro, nem uma mesa proprietária nem a carreira solo é possível (sobra como alternativa ingressar como funcionário dentro de uma mesa de banco ou corretora... mas aí se prepara porque o processo seletivo é bravo!). Dinheiro é o "combustível" deste mercado e caso a pessoa não tenha nada, é melhor seguir trabalhando na sua área/profissão atual e juntar um pé de meia, enquanto se prepara estudando por cursos e materiais gratuitos (na área APRENDA do Portal tem muita coisa de qualidade e gratuita). Não é possível se tornar trader sem dinheiro por um motivo muito simples: ninguém vira trader da noite para o dia e esta evolução requer dedicação, preparo e tempo (algo entre 6 e 12 meses, para ser otimista). E mesmo que alguém forneça todos os subsídios necessários, como algumas mesas proprietárias fazem, ainda é preciso ter dinheiro para se manter neste período e pagar suas contras básicas (me refiro a gastos pessoais mesmo). Este foi o meu caso. Me ofereceram treinamento, plataformas, capital (controlado, é claro) e me deram uma meta que deveria ser batida dentro de 8 meses (se não, tchau e boa sorte). Neste período estudei feito um louco, chegava até 2 horas antes do mercado abrir e ia embora uma hora depois do mercado fechar, não ganhava salario nenhum para isto e tinha que bancar todas as minhas contas (transporte, almoço, conta de celular, etc). Mas eu sabia exatamente o que eu queria: primeiro aprender para só depois ganhar dinheiro. Demorei 6 meses para bater a meta e os outros poucos que conseguiram naquela época levaram uns 2 meses a mais. Não tem segredo, mas também não tem atalho, portanto precisa pelo menos ter algum dinheiro para se manter por até 12 meses enquanto se dedica a este projeto (sim, é um projeto, complexo, que exige muito mais que a combinação de duas médias móveis para se manter consistente) e se tem alguma empresa como uma mesa proprietária oferecendo condições para se desenvolver, aproveite! O maior risco está do lado da mesa proprietária, sabe porquê? Eles podem gastar muita energia para formar um trader e quando este finalmente se torna consistente, decide operar por conta própria. Portanto, um dos maiores desafios de uma mesa proprietária, além de atrair talentos, é retê-los (para isto, eles oferecem uma série de benefícios exclusivos como custos menores de operação, plataformas, etc).


    Informações sobre o Programa TNT

    É um curso voltado para a formação de traders que podem tanto seguir carreira autônoma quanto buscar um lugar dentro de uma mesa proprietária. Nós ensinamos as táticas, mas a estratégia montada a partir delas é algo que precisa ser feito por conta própria, pois leva em consideração uma série de aspectos pessoais (situação patrimonial, tolerância a perda, expectativas, disciplina, planejamento, etc). As inscrições abrem semestralmente (geralmente abril e outubro) e o curso tem duração de cerca de 4 meses de aula, entre conteúdos práticos e teóricos que somam mais de 80 horas de aula. A página com detalhes do curso só é exibida em épocas de inscrição, mas mesmo que estive por fora, pode visitá-la através do link: https://portaldotrader.com.br/programa-tnt . Claro que esta página se refere sempre à turma anterior, ou seja, não inclui ainda as implementações que serão feitas na turma seguinte (e sempre tem implementações).


    Espero ter ajudado!


  • TNT

    Obrigado Caio pelos esclarecimentos.



  • Mauricio Brito (Trader2702) boa noite. 

    Seu post tem várias dúvidas e estas eram minhas dúvidas também. 

    Com relação a fazer cursos para se tornar trader acho muito interessante, eu mesmo já fiz curso com o Sasaki, com o Marcos Moore e outros traders no antigo Master Trader e recomendo fazer o TNT aqui do Portal do Trader porque sei dos grandes profissionais envolvidos.

    Já sobre prop tradings (mesas proprietárias) eu penso o seguinte, se a pessoa estiver disposta a pagar os cursos oferecidos pela mesa proprietária e depois do curso realmente se tornar um trader profissional, ótimo para todas as partes. A mesa proprietária disponibiliza custos reduzidos, plataformas inovadoras, etc, etc, conforme as vantagens apontadas pelo Sasaki e vai ser bom para o trader porque não precisa usar seu próprio capital.

    Para a mesa proprietária é bom de qualquer jeito porque ela ganha ao cobrar para o trader fazer cursos e se o trader começar a perder dinheiro nos trades de verdade no mercado, a prop trading tem limites de perda e é só demitir o trader, limitando seu prejuízo. 

    Agora outro ponto de vista é o seguinte, realmente quantas pessoas existem no Brasil que vivem de trades? São pouquíssimas, são raríssimas pessoas. Hoje no Brasil são menos de 600 mil pessoas investindo em renda variável, ações por exemplo, conforme informações da própria B3 (nossa bolsa de valores). Destas 600 mil pessoas, eu não consigo nem arriscar quantas são traders mesmo e vivem de scalper trading, tape reading, day trade, swing trade, position trading ou buy and hold. Hoje se você fizer uma pesquisa na internet vai encontrar publicações em grandes revistas, Exame, Veja, etc, sobre grandes investidores brasileiros como Luiz Barsi, Jorge Paulo Lemann ou Lirio Parisotto, porém pelo o que eu saiba eles não seriam scalper trades, tape reading, day trade, muito pelo contrário, imagino que eles são investidores fundamentalistas. 

    Então Mauricio eu te confesso que não conheço nenhum trader que vive de day trade ou até mesmo swing trade, que única e exclusivamente viva dos seus trades. Eles devem existir, sim, devem existir traders, mas imagino que destes menos de 600 mil brasileiros que investem em renda variável, eles em sua grande maioria, sejam investidores fundamentalistas com objetivo de formação de carteiras e acumulação de longo prazo. 

    Ser um day trader consistente é muito difícil, ganhar algumas vezes é fácil, agora ganhar de forma consistente de tal modo que seus ganhos sejam maiores do que suas perdas, é bem complicado. Isto do ponto de vista do ganho de capital, ou seja, de comprar barato e vender caro. Digo isto porque o  investidor fundamentalista também busca ganhar dividendos e juros sobre o capital e não somente comprar barato e vender caro (ganho de capital). 

    Já assisti videos do André Hanna e André Antunes que parecem ser realmente pessoas capacitadas, conhecedores do que dizem, então imagino que os cursos deles sejam bons. Já li livros do Oliver Velez, já assisti videos dele, já li sobre seus cursos e até acredito que uma minoria consegue aprender, aplicar o que aprendeu e obter resultados positivos consistentes. 

    Penso que realmente seja possível aprender técnicas e botá-las em prática, no entanto o aspecto psicológico influência muito, de tal forma que obter consistência é o maior desafio.

    Com a chegada no mercado de varejo de investimentos das plataformas como o Metatrader 5, isto possibilita uso de robôs (EA expert advisors) e automatização de técnicas de investimentos, retirando o fator psicológico de medo, cansaço, ansiedade e pode tornar estratégias vencedoras em modos consistentes de sucesso nos trades. Haja vista os Colocation das grandes corretoras e bancos de investimentos, dos grandes fundos, os HFT (high frequency trades) que usam algoritmos, programas de computador com inteligência artificial que substituem o ser humano com muitas vantagens.

    Mauricio procure na internet pelo livro Flash boy a wall street revolt, tem nas principais livrarias.

    Pesquisa na internet também a respeito de gestores de fundos de investimentos ativos, ou seja, são gestores que tem autonomia para tentar "bater" o mercado, tentar vencer o mercado e não exclusivamente seguir o mercado. São pouquíssimos aqueles que conseguem superar o mercado, isto é difícil demais, olhe no mundo, pesquise nos Eua, Europa, no mundo é muito difícil superar o mercado. Alguns conseguem como Warren Buffet, mas é mais fácil seguir o mercado do que superá-lo o tempo todo.

    Então resumindo Mauricio, as prop trading ganham dinheiro vendendo cursos e dividindo lucros com os traders vencedores. O trader profissional se realmente existir, é uma minoria no país de tal modo que os pouquíssimos brasileiros que são ricos a partir dos seus investimentos que eu conheço, que tem informações públicas a respeito deles, são Jorge Paulo Lemann, Luiz Barsi, Lirio Parisotto e outros raríssimos brasileiros bilionários com a Bolsa de Valores, que por coincidência me parecem que utilizam análise fundamentalista como forma de investir. Não tenho nenhum informação de que eles usam scalper trading, tape reading ou outras formas de day trade.Claro que não quero desmerecer tais técnicas, acho que são todas válidas, mas penso que conseguir aplicá-las com obtenção de resultados positivos e recorrentes é mais difícil e raro de acontecer. 

    Bons negócios para você Mauricio



  • Boa tarde Maurício!

    Assim como você e tantos outros com milhares de dúvidas acerca de "viver de trade", estou avaliando a possibilidade de mudar o rumo da minha vida profissional (Analista de TI) e entrar nesse ramo para literalmente mudar meu estilo de vida. 

    Estou buscando várias opções de treinamentos e vejo muito, muito material disponível todos os dias. Minha dica, que vem dando certo comigo, é que você deve focar, pelo menos no primeiro ano, no aprendizado. Eu creio muito que a oportunidade de viver de mercado existe e não está longe do alcance de ninguém! O problema é que nós (e me incluo nesse grupo) pensamos em "viver de mercado" com o intuito de ganhar muito e trabalhar pouco. 

    Minha primeira mudança foi em relação a isso. Viver de mercado não é fácil e requer muitas coisas (estudos, networking, mentoring, etc), mas é aquilo que todo mundo fala: se você faz o que gosta, o retorno (dinheiro) será consequência. 

    Quando vemos exemplos citados acima (Buffett, Lemann) vejo que eles nunca falam de dinheiro e riqueza como sendo a inspiração deles para estar no mercado. Dá pra ver que eles fazem o que gostam e o fato de serem bilionários é apenas uma consequência das suas ações (ações = agir, não ações de mercado! rsrsrs). 

    Falando mais sobre cursos, minha trajetória é a seguinte:

    Cursos: Faço sempre cursos presenciais (Isso vai de mim, eu sei que aprendo mais em uma sala de aula do que vendo vídeos e operações que deram certo pela internet). Apesar de ser do ramo de TI, nas diferentes experiências que já tive fazendo cursos, percebi que realmente aprendi em sala de aula. 

    Oportunidades: Cara, penso muito que o futuro das carreiras deveria ser focado no modelo das "prop trades". No modelo de trabalho deles, todo mundo sai ganhando! Imagine o networking e experiências que você acumulará estando em uma sala operacional com vários traders experientes operando diariamente! Não há preço/curso que pague isso pra você e além disso vir de graça, eles te dão parte dos seus lucros. Isso é trabalho baseado em meritocracia e se você estiver feliz e fazendo o que gosta, você depois entenderá o valor que isso irá agregar mais pra frente.

    Claro que falar é fácil mas fazer, é beeeeem diferente! Ainda não tive coragem de fazer essa mudança drástica na minha vida, porém é algo que sinto falta nos diferentes posts sobre carreira de traders...

    Valeu! Boa sorte pra você e aguardamos seu feedback no futuro.

    Obrigado!


Entre para responder
 


O Portal do Trader não se responsabiliza pelas informações e opiniões veiculadas neste fórum, sendo elas de autoria individual de cada participante. Vale ainda ressaltar que investimentos em mercado de renda variável possuem riscos, ganhos passados não garantem ganhos futuros, e a decisão final e responsabilidade sobre cada operação é de cada investidor, devendo ser tomada individualmente.
© 2018 Portal do Trader. Todos os direitos reservados.

Parece que sua conexão com Fórum Portal do Trader caiu, por favor aguarde enquanto tentamos reconectar.