Olá, Eduardo, td bem? Inicialmente, parabéns pelas aulas. Vc tem uma didática excelente. Bom, entran



  • Olá, Eduardo, td bem? Inicialmente, parabéns pelas aulas. Vc tem uma didática excelente. Bom, entrando no mérito do assunto, me surgiu um dúvida, na verdade fiquei confuso. No vídeo de padrões de continuidade, vc afirma que as bandeiras e consolidações (congestões) são potencialmente indicativos de continuidade da tendência anterior, certo? No texto desta aula aqui ("Preços em congestão sugerem que se deva operar reversões, ou seja, quando o preço chega no suporte ou na resistência daquela congestão, aguarda-se o aparecimento de um candle (ou grupo de candles) de reversão e opera-se contra a tendência."), no meu entendimento se conflita, porque sugere que as congestões sejam operadas no contratendência, ou seja, reversão da tendência anterior. Por favor,me explique as diferenças!! No aguardo. Obrigado! leonardoascavalcanti@gmail.com


  • TNT

    Obrigado, Leo, pelos elogios. Fico feliz. Quando aparece uma congestão, você tem 2 forma de operar: Se você encontra uma congestão após, digamos, uma perna de alta, isto sugere que o preço continuará subindo.

    Mas se você quiser operar DENTRO de uma congestão, opere nos seus limites, lá dentro. Fica igual a um jogo de pingue-pongue (mas isso lá dentro da congestão).  Fora da congestão ela é uma figura de continuidade da tendência maior




O Portal do Trader não se responsabiliza pelas informações e opiniões veiculadas neste fórum, sendo elas de autoria individual de cada participante. Vale ainda ressaltar que investimentos em mercado de renda variável possuem riscos, ganhos passados não garantem ganhos futuros, e a decisão final e responsabilidade sobre cada operação é de cada investidor, devendo ser tomada individualmente.
© 2018 Portal do Trader. Todos os direitos reservados.

Parece que sua conexão com Fórum Portal do Trader caiu, por favor aguarde enquanto tentamos reconectar.