Entendendo o VE



  • Valor Extrínseco ou Valor de Expectativa, o VE constitui-se num verdadeiro termômetro de mercado. O VE é a forma que o mercado precifica a expectativa de exercício de uma opção, ou seja, se o vendedor de CALLs será obrigado a vender suas ações, ou se o vendedor de PUTs será obrigado a comprar ações. Uma vez que seu risco é maior – o risco do comprador de opções limita-se ao valor pago para compra-las –, cabe ao vendedor arbitrar um prêmio que dê conta de satisfazer as condições que o próprio risco lhe impõe e de uma taxa de juros pró-rata ao prazo de vencimento da opção que reflete o custo de oportunidade do vendedor da opção. A definição parece complexa, mas a prática se mostra razoavelmente simples se fizermos a pergunta “qual valor acho justo receber para tomar o risco de ser exercido e ainda cobrir o custo de oportunidade?”.

    A arbitragem do prêmio de uma opção não é aleatório ou, como o próprio nome poderia sugerir, arbitrário. Como visto nos artigos anteriores, são quatro os fatores que influenciam no prêmio de uma opção:

    1 – diferença entre o preço da ação no mercado à vista e o strike da opção (ver https://forum.portaldotrader.com.br/topic/170/resumo-de-opções-sobre-ações para entender o que é strike e outros termos inerentes às opções);

    2 – taxa de juros (normalmente, a SELIC pró-rata em base 252);

    3 – prazo para o vencimento (em dias úteis);

    4 – volatilidade (leia em https://forum.portaldotrader.com.br/topic/174/volatilidade para saber mais sobre volatilidade);

    Ainda é acrescido às opções ITM (dentro do dinheiro) o valor intrínseco (VI), que é a parcela de ajuste entre o strike da opção e o preço da ação. Em outras palavras, estando a ação negociada a R$10,00 quanto é justo pagar por um direito de compra-la por R$8,00?

    No artigo publicado em https://forum.portaldotrader.com.br/topic/342/opções-um-mercado-de-expectativas, foram abordadas as probabilidades de exercício de uma opção ITM, as chances de “não exercício” de uma opção OTM e de como as opções ATM apresentam o máximo em expectativa, partindo-se do pressuposto de que o preço da ação tende a acumular (andar de lado) até o vencimento. Nessas condições, é possível intuir os efeitos da passagem do tempo sobre a expectativa. A cada dia que passa, aumentam as certezas de exercício das opções ITM e de “não exercício” das opções OTM. Se há mais certezas, há menos expectativa; se há menos expectativa, haverá menos VE. Desta forma, no dia do vencimento o VE deverá ser R$0,00.

    Se pensarmos num conjunto de possibilidades de movimentação de preços {alta forte, alta, acumulação, queda, queda forte} a compra de CALLs só será vencedora se houver alta forte, deixando o vendedor de CALLs na confortável posição de “expectador de mercado”, uma vez que tem as outras quatro possibilidades a seu favor. Da mesma forma, a compra de PUTs só será vencedora em caso de queda forte e também deixa o vendedor de PUTs com as outras quatro possibilidades de movimento de preços a seu favor.

    O mercado de opções é auto regulável onde, associados ao risco baixo estarão um preço alto de compra (diminuindo o lucro) e poucas chances de ganhos – caso da compra de opções a seco. Há, entretanto, uma forma de minimizar esse efeito ao comprar opções mais ITM, tirando proveito do pouco VE. No caso de compra de CALLs, além de alta forte do preço da ação, é possível sair vencedor com um movimento de alta normal, além de sair no “zero a zero”, caso o preço da ação não suba. A vantagem da compra a seco de opções é o risco limitado, como já mencionado acima: está limitado ao valor pago pela compra das opções.

    Avaliando esses fatores, o operador tem condições de controlar melhor o risco assumido e ainda aumentar suas chances de ganho, mas mesmo assim, pode optar por comprar opções a seco, apostando num movimento mais forte dos preços – especulação. Nesse caso, os ganhos são consideráveis e compensam o risco, podendo chegar a belas somas em dinheiro. Não há nada de errado nisso, desde que tenha-se plena consciência dos riscos e que haja uma ótima gestão de risco, já sabendo que as chances de perda são muito maiores.

    Trava de Baixa com CALLs, Trava de Alta com PUTs, Short Iron Condor e operações de TAXA e Financiamento são exemplos de operações onde se etá vendido em VE (e ainda recebemos um dinheiro do mercado), mas isso é assunto para os próximos artigos.

Entre para responder
 


O Portal do Trader não se responsabiliza pelas informações e opiniões veiculadas neste fórum, sendo elas de autoria individual de cada participante. Vale ainda ressaltar que investimentos em mercado de renda variável possuem riscos, ganhos passados não garantem ganhos futuros, e a decisão final e responsabilidade sobre cada operação é de cada investidor, devendo ser tomada individualmente.
© 2018 Portal do Trader. Todos os direitos reservados.

Parece que sua conexão com Fórum Portal do Trader caiu, por favor aguarde enquanto tentamos reconectar.