Dúvidas de Opções



  • Bom Dia Petrokas/amigos,


    Sou nova no portaldotrader, vendo aulas e tentando aprender, gostei da aula sobre as puts do itub, trava de alta com put se não me engano é este o nome.

    Sem querer abusar da sua boa vontade, peço que me responda algumas dúvidas.

    - Na aula de trava de alta com puts, foi explicado que tenho que comprar e vender a mesma quantidade de puts; mas por exemplo:
    Se eu já estiver carregando 3000 puts da Vale5 a 2 ou 3 dias e quiser fazer a operação de vender 3000 puts da Vale5, que não tenho, de outro valor, eu posso? ou tenho que comprar e vender a mesma quantidade de puts exatamente no mesmo dia? ou exatamente no mesmo minuto?

    - Estou revendo as suas aulas do site desde novembro, ainda não vi se ja teve alguma aula de trava de baixa com call, existe está operação? é parecida com a trava de alta com put? você já deu aula sobre este tema?

    - Você falou que quando faço uma trava de alta com put, tenho a meu favor 4 dos 5 cenários possiveis (alta forte, alta leve, lateralidade, baixa leve, só não tenho a meu favor baixa forte), sendo assim:

    Tendo um bom tempo ainda para vencimento das opões, pensando nas opções da Vale5 que tem uma volatilidade muito grande, você acha recomendável (sei que esta recomendação é de cunho educacional/pedagógico e não como indicação de operação) fazer ao mesmo tempo uma trava de alta com puts e outra trava de baixa com call da Vale5? Pensei nisto porque deste modo ficaria protegida na trava de alta com puts em 4 cenários e na trava de baixa com call também em 4 cenários, sendo um direferente (baixa forte) e desta forma poderia lucrar bem com trava de puts quando desce uma grande alta e com trava de call quando desse uma grande baixa, já que nas últimas semanas/meses esta acontecendo em vários dias da semana esta grande volatividade na opção da Vale?
    Eu aproveitaria no dia que a opção estiver numa grande alta e faria a operação da trava de alta com puts (preço mais barato da puts) e também aproveitaria o dia que a opção estiver numa grande baixa para fazer a operação de trava de baixa com call (preço mais barato da call). Claro que parando com esta estratégia dupla quando faltarem menos de 10 dias para vencimento.

    E uma última dúvida seria:

    Num dia em que observo/análiso que o mercado vai estar numa grande baixa, pelo menos em parte do dia, posso vender 3000 call e comprar 3000 put, da opção da Vale5, sem ter a ação objeto da opção e no mesmo dia vender as 3000 put e comprar 3000 call? ou só posso fazer isto se já tiver a ação objeto, ai sim vender puts e comprar call ou comprar put e vender call?
    Pensei nisto vendo a aula de trava de alta com put, sendo 2 puts diferentes e mesmas quantidades, mas posso fazer do modo que perguntei agora ou a corretora não autoriza?

    Sei que são muitas dúvidas, mas se puder me responder,



  • TNT

    Olá Trader209 e demais amigos,

    Vamos lá:


    a) Pode. Porém, não sou adepto de misturar operações...se uma operação nasceu como compra a seco por um modelo, prefiro continuar seguindo o plano. Se eu tiver outra oportunidade de montar uma trava e já tiver uma posição, vou usar outra opção, para não conflitar a custódia. Operações de trava eu monto simultaneamente as 2 pontas.

    b Existe. Já apresentei essa estrutura alguma vez, mas não lembro o dia.

    c) A junção de uma trava de alta com put e uma trava de baixa com call recebe o nome do Short Iron Condor. Eu apresentei nas 2 últimas transmissões esse modelo e temos um post sobre isso feito pelo nosso amigo MuriloBarquete aqui no fórum de opções. Eu costumo usar essa estrutura quando o ativo objeto está lateral.

    d) Vender opções a descoberto sempre digo que é muito arriscado. Se sua intenção for fazer um day trade, você até pode fazer essa operação. Consulte sua corretora para saber qual o lote ele vai liberar para daytrade com opções e venda à descoberto.


    Abs,

    Petrokas



  • @Trader209 disse:

    - Na aula de trava de alta com puts, foi explicado que tenho que comprar e vender a mesma quantidade de puts; mas por exemplo: Se eu já estiver carregando 3000 puts da Vale5 a 2 ou 3 dias e quiser fazer a operação de vender 3000 puts da Vale5, que não tenho, de outro valor, eu posso? ou tenho que comprar e vender a mesma quantidade de puts exatamente no mesmo dia? ou exatamente no mesmo minuto?


    Vamos imaginar que você está comprada em 3.000 PUTs de strike R$8,00. Você pode optar por vender a mesma quantidade ou apenas uma parte de PUTs de strike R$7,50 e montar sua trava. Você pode ainda montar sua trava em outros strikes (R$7,50/R$7,00 por exemplo) e continuar comprada nas PUTs de strike R$8,00 sem o menor problema. Tenha em mente que uma trava de alta com PUTs é uma operação no crédito, ou seja, você recebe dinheiro do mercado para montá-la. Esse dinheiro não é seu até que sua trava seja desmontada (ou pelo menos, recompre a ponta vendida). Dessa forma, a CBLC chama uma margem de segurança, baseada na perda máxima da operação (lembrando que travas têm perda máxima determinada na montagem).


    Estou revendo as suas aulas do site desde novembro, ainda não vi se ja teve alguma aula de trava de baixa com call, existe está operação? é parecida com a trava de alta com put? você já deu aula sobre este tema?

  • Você falou que quando faço uma trava de alta com put, tenho a meu favor 4 dos 5 cenários possiveis (alta forte, alta leve, lateralidade, baixa leve, só não tenho a meu favor baixa forte),

    Existe sim! Travas de baixa com CALLs têm a mesma característica de travas de alta com PUTs: recebe-se dinheiro para montar e tira-se proveito do derretimento de VE pela passagem do tempo. A trava de baixa com CALLs também é beneficiada por 4 dos 5 cenários possíveis (só perde em caso de alta forte, quando a trava deverá ser desmanchada, assumindo-se prejuízo controlado.


    sendo assim:

Tendo um bom tempo ainda para vencimento das opões, pensando nas opções da Vale5 que tem uma volatilidade muito grande, você acha recomendável (sei que esta recomendação é de cunho educacional/pedagógico e não como indicação de operação) fazer ao mesmo tempo uma trava de alta com puts e outra trava de baixa com call da Vale5? Pensei nisto porque deste modo ficaria protegida na trava de alta com puts em 4 cenários e na trava de baixa com call também em 4 cenários, sendo um direferente (baixa forte) e desta forma poderia lucrar bem com trava de puts quando desce uma grande alta e com trava de call quando desse uma grande baixa, já que nas últimas semanas/meses esta acontecendo em vários dias da semana esta grande volatividade na opção da Vale?
Eu aproveitaria no dia que a opção estiver numa grande alta e faria a operação da trava de alta com puts (preço mais barato da puts) e também aproveitaria o dia que a opção estiver numa grande baixa para fazer a operação de trava de baixa com call (preço mais barato da call). Claro que parando com esta estratégia dupla quando faltarem menos de 10 dias para vencimento.

Se você montar uma trava de alta com PUTs e uma trava de baixa com CALLs, estando ambas OTM, terá montado uma operação que o Petrokas ensinou há pouco tempo: o Short Iron Condor. Eu montei uma operação dessas e postei aqui no fórum. Sugiro a leitura. Entenda que estruturas com opções são operações onde você monta de forma que possa tirar proveito da passagem do tempo. O mercado de opções é movido a expectativa, mas há uma certeza: VE = ZERO no dia do vencimento. Outra característica do mercado de opções é um interessante equilíbrio entre risco, retorno e chance de acerto. Operações com grandes chances de acerto têm custos elevados e ganhos menores. Há operações com custo bem baixo, retorno elevado, mas com pouca chance de ganho. É o caso da compra a seco de opções. Comprar CALLs OTM têm um custo muito baixo e o prejuízo está limitado ao que pagou para comprar as opções. O ganho pode ser infinito, mas as chances são muito pequenas, uma vez que depende-se de uma alta muito explosiva do preço da ação. O mesmo vale para a compra de PUTs OTM. Têm um custo e risco bem baixos, mas poucas chances de ganhar, uma vez que depende de uma queda forte. E a cada dia que passa, menores serão as chances desses movimentos bruscos acontecerem. É por isso que o VE derrete. VE = Valor Extrínseco ou Valor de Expectativa. Quanto menor o prazo para o vencimento, menor será a expectativa, logo, menos VE.

Concluindo, ao montar uma estrutura com opções, a ideia é mantê-la o máximo de tempo possível, deixando para desmanchá-la somente em caso de stop. Então, o ideal é montar a estrutura e deixá-la quieta. Ficar fazendo rolo aqui e ali só vai aumentar seus custos e as chances de fazer uma lambança que te levará a um grande prejuízo. O grande barato das estruturas com opções é uma maior facilidade no manejo de risco.

E uma última dúvida seria:

Num dia em que observo/análiso que o mercado vai estar numa grande baixa, pelo menos em parte do dia, posso vender 3000 call e comprar 3000 put, da opção da Vale5, sem ter a ação objeto da opção e no mesmo dia vender as 3000 put e comprar 3000 call? ou só posso fazer isto se já tiver a ação objeto, ai sim vender puts e comprar call ou comprar put e vender call?
Pensei nisto vendo a aula de trava de alta com put, sendo 2 puts diferentes e mesmas quantidades, mas posso fazer do modo que perguntei agora ou a corretora não autoriza?

Posições de compra não representam riscos a você nem à corretora, uma vez que seu prejuízo é limitado ao que pagou para comprar. Os grandes riscos estão nas posições vendidas, especialmente em CALLs. No caso da venda de PUT, o seu risco ainda é controlado, embora possa te levar à quebra. Imagine que você vendeu PUTs de strike R$8,00 e, no dia do vencimento, a ação despencou para R$5,00. A fim de evitar o exercício, você terá que recomprar as opções vendidas, mas num caso de queda tão forte da ação, poderá não haver vendedor na ponta contrária. Ou seja, opções que ficam muito ITM perdem (quase) toda a liquidez. Daí, terá de comprar por R$8,00 algo que está cotado a R$5,00 no mercado. Mesmo assim, o risco ainda é controlado, pois mesmo que a ação chegue a R$0,01 seu prejuízo estará limitado a R$7,99 por ação menos o que recebeu para vender as opções. Certamente que é um grande prejuízo, mas a venda a seco de CALLs pode significar a ruína. Não há limites para uma alta forte.

As corretoras costumam autorizar vendas a seco de opções mediante autorização e apresentação de garantias, tais como saldo em dinheiro, ações de primeira linha (aplicados os devidos deságios), títulos do Tesouro Nacional e outros ativos. Convém conversar com seu assessor.

Espero ter ajudado.


Entre para responder
 


O Portal do Trader não se responsabiliza pelas informações e opiniões veiculadas neste fórum, sendo elas de autoria individual de cada participante. Vale ainda ressaltar que investimentos em mercado de renda variável possuem riscos, ganhos passados não garantem ganhos futuros, e a decisão final e responsabilidade sobre cada operação é de cada investidor, devendo ser tomada individualmente.
© 2018 Portal do Trader. Todos os direitos reservados.

Parece que sua conexão com Fórum Portal do Trader caiu, por favor aguarde enquanto tentamos reconectar.