3 dicas de ouro para começar a investir bem



  • Recentemente recebi o desabafo de um investidor que comprou USIM5 em 2002, viu este capital multiplicar em 30 vezes até 2008 e, tombo após tombo, voltou ao marco inicial, recentemente. Frustrante, não? Imagine você colocar R$ 100 mil e seis anos depois ter algo em torno de R$ 3 milhões. E oito anos mais tarde, voltar a ter "apenas" R$ 100 mil. (sem contar os dividendos pagos pela empresa)


    Eu poderia dizer que se trata de má gestão de risco, falta de planejamento ou mesmo carência de informações e ferramentas técnicas, mas o buraco é bem mais em baixo e o problema começa muito antes disso.


    Nós temos o péssimo hábito de procurar corrigir o problema depois que ele já aconteceu, em vez de atuar de forma preventiva. Um exemplo clássico é como muitos de nós tratam a própria saúde (algo que deveria ser a prioridade número 1 em nossas vidas). Após saúde e família, a situação financeira costuma ser o próximo item de maior relevância na vida de um cidadão e, por incrível que pareça, também é um assunto comumente negligenciado. Vejo com frequência as pessoas se preocuparem em melhorar suas remunerações, mas sem refletir sobre seus gastos e suas economias.


    Muitos ingressam numa busca sem fim em que a lógica é “trabalhar mais para ganhar mais” para garantir uma determinada qualidade de vida. Contudo, tempo e saúde são recursos escassos e finitos, além disso, esta questão poderia ser facilmente resolvida com uma premissa básica de finanças pessoais: a única forma de poupar dinheiro, independentemente do salário, é gastar menos do que se ganha. Não há remuneração no mundo capaz de derrubar esta regra!


    Esta questão de finanças pessoais pode se estender indefinidamente e certamente voltarei a falar sobre isto mais para frente, contudo, hoje quero falar sobre 3 atitudes que podem multiplicar os resultados de um investidor:


    1 - Não invista através de bancos: a única vantagem em investir através de um banco comercial é a comodidade, mas isto custa caro, MUITO CARO! Bancos “empacotam” produtos de investimentos de forma bonita e agradável para justificar taxas altas e facilitar as vendas do seu gerente de conta, que precisa bater metas de captação. Falando em um português claro: não existe milagre, seu dinheiro rende menos para que a receita do banco suba mais. Quer um exemplo prático? Bancos geralmente ofertam os famosos “CDBs” que remuneram um percentual do CDI, mas com a incidência de imposto de renda este rendimento pode se mostrar tão ruim quanto a poupança. Já numa corretora de valores (hoje, dia 14/01/2016), você encontra LCI e LCA, livres de impostos, que rendem 100% do CDI. Estou falando de um resultado que rende 80% a mais que a poupança, assumindo o mesmo risco, de renda fixa.


    2 - Conte com auxílio de profissionais: você não precisa ser mestre em finanças para investir bem. Qualquer investidor pode ser auxiliado em suas decisões por um analista de investimentos certificado e, além disso, tirar dúvidas com um Agente Autônomo de Investimentos, devidamente credenciado a uma instituição, como uma corretora de valores. Resumindo, se comparado com o gerente da sua conta no banco, você terá acesso a profissionais muito melhores e sem nenhum custo adicional por isto.


    3 - Mantenha-se informado: “Investir em conhecimento rende sempre os melhores juros” já dizia Benjamin Franklin, mas isto não significa que é necessário gastar horas por dia para se informar adequadamente. Hoje em dia é possível se atualizar em menos de um minuto (sim, em menos de UM MINUTO!), através de newletters ou vídeos de especialistas. Além disso, muitas dúvidas básicas sobre como começar a investir podem ser solucionadas através de uma troca de e-mail ou mesmo ligação telefônica para um especialista. E posso garantir que, ainda que se gaste um trocado e alguns minutos numa ligação, o resultado deste pequeno esforço valerá a pena. Portanto, se você ainda não tomou nenhuma iniciativa a respeito do seu próprio dinheiro, aqui vai a última dica: reserve 10 minutos do seu almoço ou café da manhã para conversar com um especialista. E caso não saiba onde encontrar um, pode me mandar um email: marcos.moore@portaldotrader.com.br



  • Tenho uma dúvida. Em que site eu consigo verificar o Ranking das ações do Ibovespa do ano atual ou de outros anos? Uma lista, não uma ação por vez. Por exemplo, listando em percentual e em ordem decrescente da primeira para a última em rentabilidade. Existe esse site?Vlw.



  • @Porco-do-Espaço Dá uma olhada neste link, com as 50 do IBrX 50 http://www.bmfbovespa.com.br/indices/ResumoCarteir...




O Portal do Trader não se responsabiliza pelas informações e opiniões veiculadas neste fórum, sendo elas de autoria individual de cada participante. Vale ainda ressaltar que investimentos em mercado de renda variável possuem riscos, ganhos passados não garantem ganhos futuros, e a decisão final e responsabilidade sobre cada operação é de cada investidor, devendo ser tomada individualmente.
© 2018 Portal do Trader. Todos os direitos reservados.

Parece que sua conexão com Fórum Portal do Trader caiu, por favor aguarde enquanto tentamos reconectar.