Entendendo as Travas.



  • Bom dia.

    Uma dúvida:

    Se eu fizer uma trava com opções (de baixa ou alta), eu precisarei levar a operação até o vencimento ou poderei zerar a qualquer momento vendendo a que comprei e comprando a que vendi?

    Se zerar antes do vencimento, a lógica do lucro máximo e prejuízo máximo será o mesmo de quando montei a trava, independente se levar até o vencimento ou zerar antes?

    Se decidir levar até o vencimento e for exercido, deverei ter o valor na conta, ou a que exercerei cobrirá? Por exemplo, faço uma trava com CALL comprando 1000 ABCD...28 com strike a 28,00 e vendendo 1000 ABCD...30 com strike a 30,00. No vencimento caso seja exercido em ABCD...30, deverei ter R$ 28.000,00 na conta para exercer minha opção de comprar 1000 ações a 28,00 e entregá-las por R$ 30,00 para cumprir minha obrigação? 



  • @Orlijm

    1 - Não. Você pode desmontar sua trava a hora que julgar melhor, bastando para isso, recomprar sua posição vendida e vender sua posição comprada.

    2 - Não. Ao desmontar a trava, você vai recomprar sua posição vendida pelo melhor preço de venda do mercado e vai vender sua posição comprada pelo melhor preço de compra do mercado. Dependendo do movimento dos preços da ação, do prazo para o vencimento e de quão próxima sua trava está do preço da ação (ATM), você pode desmontar a trava com um prejuízo muito maior do que se deixasse levar para o exercício. A lógica da trava se firma exatamente nesse ponto. Você trava para se precaver das grandes oscilações de preço, quando a volatilidade explode e os prêmios ficam absolutamente irracionais. Sem falar no risco da perda de liquidez. Se suas opções ficarem excessivamente dentro do dinheiro, há o risco de ficar com liquidez ZERO. 

    3 - Não precisa. Em caso de exercício das duas pontas, a corretora se encarrega de depositar o lucro líquido da sua operação, mas cobrará a corretagem de acordo com a tabela BOVESPA, pois entende que o exercício não é uma operação via home broker (e não é mesmo!!!)



  • @MuriloBarquette Muito esclarecedora sua resposta. Mas uma dúvida. Há possibilidade de eu ser exercido em apenas uma das pontas? ou seja, ser exercido apenas na ponta que vendi a CALL, ficando obrigado a comprar no mercado para honrar meu compromisso?



  • @Orlijm

    isso pode acontecer no caso de você fazer uma trava de baixa com calls ou uma trava de alta com puts. 

    Imagine a seguinte situação:
    - preço da ação R$20,30
    - venda de 1.000 CALLs strike R$21,00 por R$1,15
    - compra de 1.000 CALLs strike R$22,00 por R$0,57
    - você recebe R$580,00 ao montar a trava.

    No dia do vencimento, a ação está cotada a R$21,70. Você será exercido e obrigado a vender por R$21,00 mas não tem sentido exercer sua posição no strike R$22. Por que você pagaria R$22 se o papel está cotado a R$21,70? Nesse momento, a própria mesa se encarrega de tomar ações a R$21,70 no mercado para que você cumpra com seu compromisso. Claro que a corretagem tem um valor especial - normalmente, tabela BOVESPA. 

    O mesmo acontece com uma trava de alta com PUTs

    - preço da ação R$20,50
    - venda de 1.000 PUTs strike R$20,00 por R$1,20
    - compra de 1.000 PUTs strike R$19,00 por R$0,55

    mais uma vez, você recebe dinheiro ao montar a operação (R$650,00). Se no dia do vencimento, a ação estiver cotada abaixo de R$20,00 (a R$19,40 por exemplo) você será exercido e será obrigado a comprar ações por R$20,00 mas não exercerá seu direito, uma vez que não tem sentido vender as ações que você comprou por R$19, se ela está cotada a R$19,40. Nesse momento, você também pode vender as ações via home broker ou solicitar a mesa que liquide a mercado pra você. 

    Evite levar as travas para o vencimento.



  • @MuriloBarquette Então para eu montar trava de baixa com CALL ou trava de alta com PUT será solicitado margem de garantia? Pois como no exemplo que o senhor mencionou, se eu for exercido e tiver que entregar os papeis, deverei ter a diferença entre o valor que vou pagar e o valor q vou receber, que nesse caso seria um prejuízo de 0,70 por papel na trava com CALL.

    Também o senhor comenta para evitar levar travas para o vencimento, ai corro o risco de mercado, ou seja, posso ter um prejuízo maior do que o objetivado na montagem da trava como o senhor mencionou na resposta acima, em virtude do movimento dos preços da ação, do prazo para o vencimento entre outros fatores. Ou seja, travas não são tão simples quanto parecem e aquele prejuízo máximo que se fala quando se monta uma trava não é bem assim.



  • @Orlijm

    Em primeiro lugar, deixe o "senhor" lá no céu (rsrsrsrs).

    Sim, travas de baixa com CALLs ou travas de alta com PUTs chamam margem, mas a margem é, normalmente, a diferença dos strikes vezes a quantidade negociada. Então, se você montou a trava com 1.000 opções em cada ponta e a diferença dos strikes é R$1,00 a margem será de R$1.000,00. Só que como você já recebeu R$580 (no exemplo acima), a CBLC só vai pegar mais R$420,00.

    Lembrando nossa situação hipotética: 

    - preço da ação R$20,30
    - venda de 1.000 CALLs strike R$21,00 por R$1,15
    - compra de 1.000 CALLs strike R$22,00 por R$0,57
    - você recebe R$580,00 ao montar a trava.

    Se no dia do vencimento a ação estiver acima de R$22,00 você será exercido e terá que vender as ações por R$21,00 mas também, vai exercer seu direito e comprar no mercado por R$22,00 limitando seu prejuízo a R$1 por ação. Como você já recebeu R$0,58 por ação, seu prejuízo máximo será de R$0,42 por ação. 

    Porém, vamos imaginar que o preço das ações dispare a R$24,00. Se você desmontar a mercado, realmente terá um prejuízo MUITO maior, pois nesses casos, os prêmios ficam irracionais. Nesses momentos, o melhor mesmo é deixar ir para o vencimento e, caso você seja exercido antes da data de vencimento, você exerce seu direito também. Aí, realmente não tem jeito, a não ser deixar ir para o exercício. Mas em condições normais, a tendência é de que os prêmios tendem a emagrecer com o passar do tempo. As opções da nossa trava estão OTM e, por isso, só tem V.E. (Valor Extrínseco ou Valor de Expectativa). É aí que tiramos proveito da única certeza no mercado de opções: VE tende a zero. Então, como estamos vendidos em VE, estamos bem na fita. Chega um momento que não vale mais a pena ficar na operação. Quando o spread entre as opções praticado pelo mercado estiver na casa de 0,3% do valor da ação, dizemos que o VE perdeu eficiência. Não vale mais a pena correr o risco de uma alta repentina do papel estragar sua operação, só pra ganhar R$0,02. Por isso que eu disse para evitar levar a operação até o vencimento. 

    Existem 3 tipos de stop para as travas:

    1) stop no tempo - na quinta feira que antecede o vencimento, desmanche tudo a mercado. Não deixe para sexta feira, ou algo pode dar muito errado e você não tem como desmontar. Na segunda feira, dia que vencem as opções da série que você montou a trava, tudo pode acontecer.

    2) stop no VE - é quando o VE perde toda a eficiência e isso pode acontecer a qualquer momento.

    3) stop no Break Even - Break Even é o ponto onde a operação está no zero a zero. No nosso exemplo, o Break Even é a posição vendida mais o que recebemos para montar. No caso = R$21,58. Se o preço da ação bater nesse valor, desmonte tudo imediatamente, pois sua posição vendida ficará ITM. Você vai ter um pequeno prejuízo. 

    Situações de pânico ou de euforia deixam as opções com prêmios totalmente irracionais, como eu já escrevi acima. Nessa hora, a melhor coisa a fazer é deixar quieto. Se por acaso você for exercido - o que é MUITO difícil de acontecer - a corretora tomará as providências para que você zere suas posições e debite da sua conta apenas o prejuízo de R$420,00 no nosso caso. E por que deixar quieto? Nesses momentos de altíssima volatilidade, desmanchar a operação pode realmente sair muito mais caro do que os R$420. Além do mais, como seu prejuízo está limitado, dê um espaço para o mercado se mexer... da mesma forma que o preço disparou, pode perfeitamente voltar a despencar. Essa é outra vantagem da trava: você escapa da violinada.

    Ficou mais claro?



  • @MuriloBarquette SUPER CLARO. Agradeço a atenção despendida para as respostas.


Entre para responder
 

Parece que sua conexão com Fórum Portal do Trader caiu, por favor aguarde enquanto tentamos reconectar.